domingo, 19 de julho de 2009

Baianidade única

Baianidade, palavra que pode definir muito bem o baiano. Mas o que vem a ser essa tal baianidade? É tudo aquilo que nunca vai ser encontrado em qualquer outro estado ou pais, é uma característica baiana que já vem no DNA. O baiano é um povo alegre, onde “tudo é lindo”, como dizia o conterrâneo Caetano Veloso, onde tudo dar-se um jeito, nem que seja um jeito que só eles sabem dar. Particularidade de um povo alegre, sorridente, humilde e solidário, rico de arte e criatividade. Nas veias corre a capacidade de criar coisas, objetos, idéias, um jeito de driblar a dificuldade, seja pintando tela, ou fazendo colar pra vender no Mercado Mor colar pra vender no mercado mpra vender no mercado mordelotado ou pais, nidadedelo, ou vendendo lanche, o que importa é consegui um dinheiro dignamente. Muitos dizem que o baiano é povo preguiçoso, que só sabe dormir em rede, mas esse povo tem muito demonstrar. Muitos do melhores artistas, escritores, e profissionais são da Bahia. É um lugar onde tem uma cultura única, é a mistura de povos diferentes, os africanos e os portugueses, onde se formaram pessoas de caráter, que sabem o que querem de suas vidas, pessoas inteligentes, ou porque é que tanto dizem q baiano não nasce, baiano estréia!
Um dos fortes da Bahia é a dança, é nessa modalidade artística quem eles demonstram seus sentimentos, pensamentos, conhecimentos, tudo quem sentem e vivem em ricos movimentos. Muitos estilos de danças foram gerados com o passar do tempo. A dança afro até hoje é a raiz de todas as danças, daí veio se criando outras, que foram se aderindo aos costumes de cada região. Danças que expressão alegria, cultura, animação, cada dança, cada coreografia, cada movimento conta uma história.E como a música é uma coisa que esta constantemente presente em nosso cotidiano, acabamos nos envolvendo e apanhando esses danças como parte de nossa vida. Na minha vida mesmo não falta dança. Tenho muito envolvimento com os vários tipos de danças, dês dos mais clássicos aos mais contemporâneos. E assim, acabamos envolvendo a arte em nossas vidas, sem perceber, vivendo assim, uma única baianidade.

_____________________________
Universidade Federal da Bahia
Instituto de Humanidades, Artes e Ciências Prof. Milton Santos
Trabalho sobre Dança - Ação Artistica
12 de abril

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Ocorreu um erro neste gadget